• demacedogroup

Casamento na Casa da Familia: Nathália e Jorge


Casamento na Casa da Familia: Nathália e Jorge

WEDDINGG - Como vocês se Conheceram?

Nathália - Nos conhecemos através da prima da noiva, no réveillon de 2003. No meio de 2004 começamos a sair e em fevereiro 2005 começamos a namorar oficialmente. Foram quase 14 anos de namoro, com 2 intervalos meio do caminho. Mas antes do casamento estávamos juntos novamente a 5 anos e meio.

WEDDINGG - Como foi o Pedido de Casamento e Noivado?

Nathália - Adoramos viajar, e temos o nosso livro de aventuras (referência do filme Up! Altas aventuras). Nós já morávamos juntos há quase 1 ano quando o Jorge (finalmente) me pediu em casamento. Nós já conversávamos muito sobre casamento, mas sempre era um plano para o futuro próximo. Até que um dia ele encheu nosso quarto de balões com gás hélio e fotos penduradas e montou uma casinha de madeira, réplica daquela do filme UP! E encheu de balões na chaminé, como é no filme. Dentro da casinha estava uma caixinha. (e o Jorge estava o tempo inteiro escondido no quarto), quando eu achei a caixinha ele apareceu e me pediu em casamento.

WEDDINGG - Como foi Planejar o Casamento e lidar com as dúvidas, anseios e a contratação dos Profissionais?

Nathália - Eu (noiva) sempre quis casar na casa da minha mãe (ela mora em uma casa em Pinheiros, com um terreno de 600m², a casa representa muito pra mim e eu acho ela maravilhosa, a construção, o jardim, tudo). Quando resolvemos casar, começamos a olhar alguns lugares para pensar ou não na possibilidade de casar na casa da minha mãe. Mas estávamos totalmente perdidos por onde começar. Fui visitar um espaço e a primeira pergunta do pessoal foi: Vocês já têm assessora? E nós não tínhamos. Após isso, voltamos uma etapa e encontramos com a Nívea, da Realite Eventos, que nos trouxe um norte para toda a organização. Ela entendeu todas as nossas vontades e adorou a ideia de fazer o casamento na casa da minha mãe. Eu falo que ela “comprou a ideia” e tê-la do nosso lado foi a melhor coisa, pois ela “vendeu” a ideia para todos os fornecedores, que junto com ela, fizeram de tudo para o casamento acontecer como queríamos. Com a ajuda imprescindível da Nívea, a organização acabou sendo bem fácil. Ela tirava todas as nossas dúvidas, tudo já vinha todo organizado em planilhas e mini relatórios, trazia várias opções, valores de forma que fez com que todo o processo de escolhas de fornecedores fosse muito mais fácil e prazeroso. Ela esteve sempre do nosso lado.

Nós passamos para ela a difícil missão de organizar o casamento para cerca de 250 pessoas, com um orçamento um pouco apertado. Mas ela não mediu esforços e conseguiu todos os fornecedores que queríamos por um preço muito mais interessante e, quando batíamos o pé, ela não hesitava e fazia o possível para conseguir. Ela transformou toda a organização em um momento muito leve.

Casamento na Casa da Familia: Nathália e Jorge

WEDDINGG - Como você se sentiu no Dia do Casamento antes de tudo começar, e o que pensou quando escutou a Música de Entrada ainda com a porta fechada?

Nathália - Eu sempre achei que por casar em casa, seria mais tranquilo e não ficaria nervosa. Não teria como entrar na casa antes da cerimônia, então eu, minha mãe e madrinhas, nos arrumamos na parte superior da casa, ou seja, eu estava lá durante toda a arrumação, claro que não me deixaram descer e a Nívea organizou tudo para que fosse tudo surpresa pra mim, inclusive a decoração. Afinal, quando você casa em um buffet, você tem fotos de mais ou menos como ficará seu casamento, agora, quem casou na casa da sua mãe? Ninguém. Quando foi chegando a hora de começar a meu cabelo e maquiagem, eu comecei a ficar bastante nervosa. Enquanto eu me arrumava, o trio que tocaria durante a cerimônia chegou e começou a preparar o som. Nós ouvíamos tudo. Apesar de nervoso, foi uma delícia ouvir as músicas que escolhemos para serem tocadas durante a cerimônia. Não tem como não ficar nervosa. É um dia que todos os seus amigos, todas as pessoas que acompanharam os quase 14 anos de relação estariam ali para celebrar com você e seu noivo a relação de vocês. Ainda por cima temos 2 cachorros, que entrariam com as alianças e eu ainda precisava cuidar deles antes da cerimônia começar. Na hora da minha entrada, eu fiquei anestesiada. Não conseguia enxergar nada ao meu lado, só olhada para frente e sabia que precisava entrar.

Casamento na Casa da Familia: Nathália e Jorge
Casamento na Casa da Familia: Nathália e Jorge
Casamento na Casa da Familia: Nathália e Jorge
Casamento na Casa da Familia: Nathália e Jorge
Casamento na Casa da Familia: Nathália e Jorge

WEDDINGG - Como foi para vocês viver essa experiência de se Casar?

Nathália - Foi maravilhoso, recomendamos para todas as pessoas. Independente do tamanho da festa e do orçamento, celebre esse momento com pessoas que são importantes para vocês. Nossa festa durou quase 12 horas. Com um mês de antecedência conversamos com todos os vizinhos e não tivemos problemas com reclamação do barulho. Todas as pessoas que trabalharam no dia foram grandes aliados e colaboraram demais para esse dia ser inesquecível. ​